A Batalha do Jenipapo foi tema de discurso do senador Ciro Nogueira (Progressistas) nesta quarta-feira (13), data em que é comemorado o aniversário de 196 anos do combate. O senador destacou o papel dos heróis anônimos piauienses. “Para fazer justiça ao nosso passado, devemos reconhecer a colaboração dos piauienses, homens simples e anônimos que tombaram às margens do rio Jenipapo, em Campo Maior, na luta contra as tropas portuguesas do Major Cunha Fidié”, afirmou.

Ciro ressaltou a importância do episódio para o estado ao lembrar que o dia 13 de março de 1823, data em que ocorreu a Batalha do Jenipapo, está estampado na bandeira do Piauí. Ciro também fez referência a outras datas importantes para o estado no processo de independência do Brasil, como o dia 19 de outubro, que relembra a emancipação proclamada pela Câmara da Vila de São João da Parnaíba e o dia 24 de janeiro, data da saída das tropas portuguesas.

Ao citar a participação da população piauiense, o senador enalteceu o papel do povo nordestino na consolidação do território nacional durante o processo de independência do país. “Recuperando a memória da participação das regiões do Norte e do Nordeste na história nacional, resgatando o papel do povo comum, sertanejo, nos grandes eventos da história nacional, homenageamos a Batalha de Jenipapo, episódio fundador do Brasil moderno e independente”, concluiu.