A ferrovia Transnordestina foi assunto de discurso registrado no Plenário do Senado pelo senador Ciro Nogueira (Progressistas) nesta terça-feira (10). O senador cobrou que o governo federal destine recursos do orçamento para garantir a continuidade das obras da ferrovia, que, quando finalizada, vai melhorar o escoamento da produção do Piauí. Ciro afirmou que, se o projeto receber a atenção que merece, será possível atingir o primeiro porto já em 2022.

“Essa construção ficou parada por muito tempo e apenas recentemente conseguimos a retomada. Não podemos mais permitir que essa obra, fundamental para o nosso Nordeste, seja interrompida de novo”, defendeu.

O senador reforçou que a Transnordestina é um requisito essencial para o desenvolvimento econômico e o bem-estar do povo do Nordeste. Segundo ele, apesar de a região abrigar 29% da população brasileira, só consegue usufruir de 14% de suas riquezas.

Ciro lembrou que fez um discurso com esse mesmo propósito oito anos atrás, em fevereiro de 2012. Ele expressou o desejo de, na próxima vez em que a ferrovia for tema de um pronunciamento, que seja para falar das transformações que a conclusão das obras trouxe para o país.

“Quero voltar em breve a esta tribuna para registrar que a Ferrovia Transnordestina mudou a vida do nosso povo. Que nossa economia prosperou. Que conseguimos gerar milhões de novos empregos e melhorar a vida de dezenas de milhões de pessoas”.

Foto: Pedro França/Agência Senado