Entre as cinco barragens de responsabilidade do governo federal no Piauí, quatro estão na categoria de alto risco. A informação foi exposta pelo ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, durante audiência que contou com a presença do senador Ciro Nogueira (Progressistas), nesta quarta-feira (06).

Na reunião foi apresentado o Plano de Ações Estratégicas para Reabilitação de Barragens da União (PLANERB) do ministério.  O ministro Canuto explicou que, no Piauí, são quatro barragens com classificação A (alto risco) e uma com C (baixo riso), na categoria risco e dano potencial associado. As cinco barragens sob responsabilidade federal no estado são: Marrecas, Caraíbas, Emparedado, Piaus e Caldeirão.

Ciro destacou que o plano apresentado traz ações importantes para garantir a segurança da população que vive em locais próximos de barragens, “desde vistorias a planos emergenciais”.
O senador também apontou o grande potencial de desenvolvimento e as belezas do Piauí, destacados na fala do ministro. Ao longo deste mês, Ciro tem percorrido diversas barragens no estado cuja manutenção e modernização são realizadas com auxílio de recursos destinados por ele. Os valores também serão investidos em obras de estabilidade e drenagem da barragem para evitar o aumento das erosões. “Temos como objetivo  evitar de todo modo que problemas futuros venham a acontecer. A qualidade de vida e segurança de nosso povo vem sempre em primeiro lugar”, afirmou Ciro.