A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado (CDH) aprovou, nesta terça-feira (07), o PLS 429/2018, do senador Ciro Nogueira (Progressistas) que possibilita a universitárias gestantes e no período de amamentar seus bebês a continuarem os estudos à distância.

“A tarefa de cuidar de uma criança recém-nascida já é difícil por si só e quando essas jovens voltam aos bancos universitários, muitas outras dificuldades se impõem”, argumentou o senador.
Dados do IBGE mostram que é grande a quantidade de mulheres que engravidam no período do vestibular ou logo após entrarem na faculdade. Das 3 milhões de universitárias pesquisadas pelo IBGE, 8,81% eram mães de filhos pequenos (de 0 a 4 anos).

O texto será avaliado em seguida pela Comissão de Educação (CE), onde recebe decisão terminativa. Após ser aprovado, seguirá direto para análise na Câmara dos Deputados.